Siga-nos em nossas redes sociais e fique atualizado!

Dicas de Consumo

Aprenda a higienizar corretamente o Galão de água

2013-06-11 19:09:34

Dica retirada do Blog Amélias
Olá a todas, depois de ver o resultado da enquete realizada aqui no Amélias, resolvi escrever sobre a higienização de galões de água, já que 41% das leitoras utilizam esse meio de consumo,  32% utilizam filtro e 11% preferem purificador elétrico.

Atualmente uma das maiores preocupações que devemos ter é com a água que consumimos e servimos à nossa família, pois constantemente sabemos de casos de envase clandestino de galões de água.

Tanto os galões como os filtros onde são colocados devem ser limpos e higienizados periodicamente.

Antes de qualquer coisa, observe as datas de validade tanto do galão como da água.

O procedimento de higienização do galão deve ser realizado a cada troca, conforme os passos abaixo:

1. Retire o galão vazio;

2. Não se esqueça de lavar as mãos com água e sabão ou sabonete;

3. Antes de remover o lacre, lave o gargalo e toda a parte do galão cheio que entrará em contato com o bebedouro, com água, detergente e esponja;

4. Borrife solução clorada a 200 PPM (1 colher de sopa de água sanitária e não odorizada para cada 1 litro de água);

5. Deixe agir por 15 minutos e enxágüe;

6. Remova o lacre;

7. Vire o galão com cuidado para não deixar o gargalo encostar em superfícies não higienizadas;

8. Escorra e despreze a água inicial.

FONTE: Blog Clube do Lar (http://blog.clubedolar.com.br/dicas/aprenda-a-higienizar-corretamente-o-galao-de-agua-de-10-ou-20-litros-para-que-a-agua-que-voce-bebe-nao-tenha-a-sujeira-2/)

Leia mais

Dicas de economia de água, como fazer para gastar menos água no dia-a-dia, consumo consciente de água

2013-05-05 19:59:05

Como sabemos, a água é um bem natural precioso. Embora encontrada em grande quantidade no planeta Terra, seu tratamento é caro e trabalhoso. Alguns especialistas afirmam que, se o consumo de água continuar nos níveis atuais (considerando o alto desperdício), futuramente poderemos enfrentar sérios problemas de falta de água. Além de colaborar com o meio ambiente, a prática de economia de água e seu consumo consciente, podem gerar uma boa economia na conta de água no final do mês.

Dicas de como economizar água (consumo consciente de água)

- Ao escovar os dentes e se barbear, manter a torneira fechada;
- Fechar a torneira enquanto ensaboar as louças e talheres;
- Usar a máquina de lavar roupas na capacidade máxima;
- Na hora do banho, procurar se ensaboar com o chuveiro desligado e procurar tomar banho rápido;
- Não jogar óleo de fritura pelo ralo da pia. Além de correr o risco de entupir o encanamento da residência, esta prática polui os rios e dificulta o tratamento da água;
- Não deixar que ocorram vazamentos em encanamentos dentro da residência;
- Entrar em contato com a companhia de água ao verificar vazamentos de água na rede externa;
- Usar a descarga no vaso sanitário apenas o necessário. Manter a válvula sempre regulada;
- Reutilizar a água sempre que possível; 
- Utilizar regador no lugar de mangueira para regar as plantas;
- Usar vassoura para varrer o chão e não a água da mangueira;
- Lavar o carro com balde ao invés de mangueira;
- Captar a água da chuva com baldes. Esta água pode ser usada para lavar carros, quintais e regar plantas;
- Tratar a água de piscinas para não precisar trocar com freqüência. Outra dica é cobrir a piscina com lona, enquanto não ocorre o uso, para evitar a evaporação;
- Colocar sistemas de controle de fluxo de água (aeradores) no bico das torneira.


FONTE: SuaPesquisa.com (http://www.suapesquisa.com/ecologiasaude/economia_agua.htm)

Leia mais

24 dicas práticas para o uso consciente da água

2013-05-05 19:11:56

Dos 1,4 bilhões de km3 da água do planeta, apenas 0,3% estão disponíveis para consumo e boa parte é imprópria para uso. Então, que tal reavaliar seus hábitos diários? Aqui, dicas simples e práticas para você usar a água com mais consciência

Os estudos e pesquisas do PNUD – Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento apontam para o desperdício mundial, médio, de 1.500 km³ de água, anualmente. Essa água que “jogamos fora” poderia ser consumida com mais respeito e ainda ser muito bem reaproveitada para a produção de energia ou irrigação. Nos países em desenvolvimento, o estrago é ainda maior: 80% da água potável é tratada de forma incorreta. 

Para o professor da Escola Politécnica da USP- Universidade de São Paulo, Racine Araújo, o primeiro passo para preservar a água é a conscientização e a educação de crianças, jovens e adultos. “A economia de água começa em casa e nas escolas. E tudo o que se pode fazer é tão simples e exige tão pouco esforço que qualquer um pode incluir em sua rotina”, garante. 

Listamos, aqui, 24 ações super acessíveis para você começar já! 

NO BANHEIRO 
1. Vasos sanitários com caixa acoplada utilizam 6 litros de água/descarga, em vez dos mais de 20 litros das válvulas de parede convencionais. Modelos mais modernos trazem, ainda, um duplo botão para três e seis litros, que podem ser acionados de acordo com a necessidade. Se a urina for separada nas tubulações de esgoto, poderá ser reutilizada para a fertilização de solos, ou seja, será uma carga a menos de nutrientes a ser jogado nos rios; 

2. Bacias sanitárias com válvulas gastam menos água, ou seja, a cada seis segundos com a válvula acionada, gasta-se, em média, de 10 a 14 litros de água. Quando a válvula está com defeito, o consumo pode aumentar para 30 litros; 

3. Mantenha a válvula de descarga do vaso sanitário sempre regulada e não use o vaso como lixeira ou cinzeiro; 

4. Se os 19 milhões de habitantes da Região Metropolitana de São Paulo diminuírem a descarga, pelo menos uma vez ao dia, serão economizados mais de 160 milhões de litros/dia, o que equivale ao abastecimento de uma cidade do porte de Santo André (São Paulo). 

5. A ducha gasta três vezes mais do que o chuveiro comum. Considerando a abertura total do registro e um tempo de 15 minutos, um banho de ducha consome, em média, 243 litros de água. Se o for com o registro meio aberto, a economia é de 90 litros. Com o chuveiro elétrico, o consumo seria reduzido de 153 litros para 51 litros; 

6. Se desligamos a ducha enquanto nos ensaboamos e reduzirmos o tempo para cinco minutos, o consumo cai para 81 litros; 

7. Se, ao escovar os dentes, enxaguarmos a boca com a água do copo, economizamos 3 litros de água; 

8. Cada cinco minutos com a torneira aberta gasta em torno de 25 litros, quantidade suficiente para que uma pessoa beba a quantidade de água necessária em 12 dias. Então, feche a torneira sempre, enquanto escova os dentes, faz a barba e lava o rosto. Assim, gastará apenas 2 litros, em média, então, economizará cerca de 23 litros/dia. 

NA COZINHA 
9. Antes de lavar a louça, panelas e talheres, remova bem os restos de comida de todas as peças e deixe-as de molho, se necessário. Ensaboe tudo, primeiro – mantendo a torneira fechada, claro! -, para depois, então, enxaguar de uma só vez; 

10. Ao deixar a torneira meio-aberta, por 15 minutos, para lavar louça, gastamos em torno de 243 litros de água. Se você instalar um arejador na torneira da cozinha, nas mesmas condições, economizamos 105 litros de água. 

11. Você sabia que, para lavar um copo é necessário gastar, pelo menos, dois copos de água? Que ironia! Quer dizer que, se tomamos um copo de água para matar a sede, desperdiçamos outros dois para mantê-lo limpo! Como tomamos água o dia todo – pelo menos é o que devemos fazer... - não é necessário lavar o copo toda vez que o usamos. Então, reserve-o para usar mais vezes; 

FONTE: Ana Greghi*( Planeta Sustentável - 19/03/2010)

Leia mais